Sisal: venda tem apoio do governo federal

Publicado em 08/03/2010 11:49 540 exibições
Nesta segunda-feira (8), por meio de leilão de Prêmio de Escoamento de Produto (PEP), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) apoia a venda de 5,5 mil toneladas da fibra biodegradável do sisal. Serão beneficiados produtores da Bahia (cinco mil toneladas), da Paraíba (250 toneladas) e do Rio Grande do Norte (250 toneladas). A operação, que está acontecendo desde às 10 horas desta segunda-feira (8), tem por objetivo garantir o preço mínimo e vai pagar ao produtor R$ 1,04 por quilo.
            O governo federal oferece ao arrematante, o prêmio máximo de R$ 0,35 pelo quilo de sisal, com prazo para venda e emissão de nota fiscal até 19 de abril. Os compradores terão até 3 de setembro de 2010 para comprovar o escoamento do produto e receber o prêmio.
            A escolha do leilão de PEP justifica-se pela economia de recursos públicos no apoio à comercialização do produto. Em 2009, o governo comprou 11 mil toneladas de sisal, totalizando 22 mil toneladas estocadas. Com a autorização para leilões de PEP, publicada na Portaria Interministerial Nº 26, de 29 de janeiro, serão aplicados R$ 16 milhões para apoiar a venda de 59 mil toneladas de sisal.
            Sisal - Por ano, o Brasil produz cerca de 100 mil toneladas do produto, o que representa 43% do mercado mundial, seguido pela China (24%) e Tanzânia (13%). No sertão baiano se concentra 90% da produção nacional, com destaque para as regiões de Valente e Coité.
            A cultura do sisal é significativa para a economia nordestina, principalmente pelo potencial produtivo das regiões semiáridas com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a cultura dessa fibra gera cerca de 700 mil empregos.
           PEP - O Prêmio de Escoamento de Produto é uma ferramenta de política agrícola para assegurar a renda do produtor rural. O governo paga o prêmio ao comprador que garante preço mínimo estabelecido e transporte do produto para a região pré-determinada, de acordo com o programa de abastecimento. Esse mecanismo permite melhor distribuição dos produtos agrícolas para as regiões deficitárias, sem a necessidade de compra do produto pelo governo.
         Confira as condições para o leilão PEP de sisal, no Aviso Nº 33/2010 
Tags:
Fonte:
Mapa

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário