Tratores chineses serão testados em solo gaúcho

Publicado em 11/03/2010 14:47 763 exibições
Vinte anos depois de criar uma cooperativa para apoiar produtores dedicados a realizar o plantio direto no Estado, o presidente da Cooperativa dos Agricultores de Plantio Direto (Cooplantio), Daltro Benvenuti, confirmou avanços na negociação de importar tratores.

A ideia é facilitar o acesso dos mais de 17 mil associados da Cooplantio ao maquinário, usando o tipo mais simples de transação comercial: o escambo. A proposta é importar tratores da China para os produtores e fazer o pagamento, por exemplo, em soja. Segundo Benvenuti, isso reduziria o custo financeiro da compra do trator, permitindo aumentar o nível de mecanização no campo:

– O produtor está acostumado a calcular em sacas de soja. Esse modelo permite que ele tenha acesso a um custo competitivo.

No dia 18, a cooperativa receberá seis tratores de uma empresa chinesa para testes na lavoura. Os veículos já teriam sido testados em universidades, mas ainda têm de passar pela prova da lida. Se aprovados, a remessa chegaria no segundo semestre. (Zero Hora)
Tags:
Fonte:
Aprosoja

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário