Produtores reivindicam soluções para endividamento

Publicado em 18/03/2010 08:19 488 exibições
Os produtores querem uma solução para o endividamento da lavoura, e uma nova linha de crédito para a região cacaueira, que não vê dinheiro novo há cerca de 20 anos.

Segundo o produtor e presidente do Sindicato Rural de Ilhéus, Izidoro Gesteira, a liberação de dinheiro novo está condicionada à renegociação dos débitos enquadrados na Lei 11.775, que não contempla o Programa de Saneamento de Ativos. O Pesa, destaca Izidoro, está relacionado com as duas primeiras etapas do programa de recuperação da lavoura cacaueira, que foi ineficaz no combate à vassourade-bruxa e endividou mais o produtor, fato reconhecido por laudo técnico do próprio governo (Ceplac).

"Fala-se de novas medidas e uma nova prorrogação de débitos, mas nada disso resolve", diz Gesteira. O sindicalista diz que a região precisa de ajuda concreta. A vassourade-bruxa deixou uma dívida que o produtor não pode pagar, mas que é pequena se comparada a de outras lavouras, como a soja.

"Há quase dois anos, o presidente Lula disse, em Ilhéus, que o PAC do Cacau iria beneficiar cerca de 25 mil produtores da região com investimento de R$ 2,2 bilhões, até 2016, e nada disso está acontecendo", disse o produtor José Carlos Assis.

Tags:
Fonte:
A Tarde

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário