Portaria libera queima controlada de acácia negra

Publicado em 24/03/2010 08:38 1043 exibições
Medida garante a produtores permissão para utilizar fogo para conter pragas
Os produtores de acácia negra poderão retomar a queima controlada para combater pragas. A portaria que permite o uso do fogo foi assinada, ontem, em reunião entre as secretarias do Meio Ambiente (Sema) e da Agricultura (Seappa). Com a medida, será possível combater o cascudo-serrador, que ataca as florestas da espécie em várias regiões do Rio Grande do Sul e prejudica o desenvolvimento e a qualidade da madeira.

Segundo o presidente do Sindimadeira, Serafim Quissini, a decisão era muito aguardada pelo setor já que a portaria n 05, editada em 2005, venceu no ano passado. "Além de combater a praga, há parecer técnico que indica a necessidade da queima para que a árvore brote com melhor qualidade."

O diretor do Departamento de Florestas e Áreas Protegidas da Sema, Rafael Ferreira, explicou que a portaria veda o uso do fogo em áreas consideradas de preservação permanente associadas a nascentes, banhados e cursos de água natural e próximas a linhas de transmissão e redes de distribuição de energia. Ainda assim, o uso da técnica deve ser comunicado às secretarias municipais de Agricultura.

Na ocasião, também foi assinado protocolo entre Sema, Seappa, Sedai e Emater para viabilizar a execução do Programa Florestal-RS. Juntas, as secretarias empenharão mais de R$ 1,9 milhão. O objetivo é realizar um censo da cadeia em todos os municípios, com informações sobre mudas, áreas plantadas, espécies cultivadas, distribuição e finalidade dos plantios. O presidente da Ageflor, Leonel Menezes, destaca que será possível planejar o desenvolvimento do setor conforme as demandas locais. "A cultura pode ser inserida como alternativa de renda nas pequenas propriedades."
Tags:
Fonte:
Correio do Povo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário