João Carlos Machado deixa Seappa para disputar eleição

Publicado em 30/03/2010 09:17 653 exibições
Após reunião a portas fechadas com a governadora Yeda Crusius, o secretário da Agricultura, João Carlos Machado, anunciou ontem que deixará a Pasta para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa (AL). O secretário permanece no cargo até amanhã e indicou o secretário adjunto, Gilmar Tietböhl, como substituto. "Sinto-me gratificado de poder ter colaborado com o governo em um momento em que o Estado precisava e também com o setor ao qual pertenço", ponderou. O dirigente afirmou estar confiante no crescimento do agronegócio. "Deixo tudo encaminhado, com a certeza que cumpri minha palavra", disse, referindo-se à promessa feita no início da gestão de melhorar as condições dos funcionários da Seappa e qualificar a Defesa Sanitária. Machado acredita na breve aprovação do aumento para servidores na AL. Nos últimos dias no cargo, o secretário pretende empossar o novo diretor administrativo da Cesa, Roque Gonçalves.

Na noite de ontem, Gilmar Tietböhl disse que ainda não havia conversado com o secretário sobre o assunto, mas admitiu que sua indicação já estava alinhavada. "Com isso, posso dar continuidade a um trabalho que já vínhamos realizando em equipe", destacou.

Entre as lideranças do agronegócio, a gestão será lembrada pela abertura do diálogo. O vice-presidente da Farsul, Gedeão Pereira, destaca que João Carlos Machado sempre consultou o setor. "Foi importantíssima a informatização do DPA que possibilitou a interligação das inspetorias", enumerou. Para o presidente da Fetag, Elton Weber, teve destaque a boa receptividade. "Entendemos que nem sempre as questões andaram como queríamos, mas a avaliação é positiva." O presidente da Fecoagro, Rui Polidoro Pinto, destacou a disponibilidade em atender às cooperativas. "Esteve sempre pronto a nos ouvir."

Com relação ao substituto, Gedeão avalia que Tietböhl é uma boa indicação por ser alguém identificado com o setor. O presidente da Fecoagro destacou o perfil técnico e conhecimento de causa de Tietböhl.

Tags:
Fonte:
Correio do Povo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário