Mato Grosso tem potencial para incrementar produção aquícola

Publicado em 01/04/2010 08:16 676 exibições
A produção de pescado em Mato Grosso deverá crescer em média 20% ao ano. A afirmação é do ministro da Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca (SEAP), Altemir Gregolin, ao analisar o potencial econômico do Estado, que atualmente tem produção média anual de 22 mil toneladas de peixes. Ele conta que em várias regiões mato-grossenses o investimento na aquicultura objetiva aumentar renda principal do trabalhador. "Assim como Mato Grosso é produtor de grãos e carne bovina, suína e aves, pode também se destacar na aquicultura".

Conforme o ministro, o crescimento do setor acompanha a necessidade de mercado. "No ano passado importamos mais de 230 mil toneladas de pescado. Isso quer dizer que a produção interna tem espaço para crescer". De acordo com Gregolin, a prova para a capacidade de desenvolvimento no setor foi a inauguração das instalações da Nativ - Indústria Brasileira de Pescados Amazônicos, em Sorriso, localizado a 420 km de Cuiabá, que ocorreu nessa terça-feira (30). 

Para o prefeito da cidade, Chicão Bedin, a empresa vem fomentar a economia do município, com geração de emprego e renda, bem como incentivar o fortalecimento da cadeia produtiva do peixe na região. Atualmente, a empresa emprega 257 colaboradores em suas unidades rurais e indústria. A previsão da indústria é gerar 440 empregos diretos e 1,320 mil indiretos até 2012. A capacidade de abate de peixe é de 8 mil toneladas ao ano e a produção de 3 mil toneladas de produtos industrializados anualmente. 

Os pescado é vendido resfriado e congelado para o varejo e para o mercado institucional de hotéis, restaurantes no mercado nacional. Bedin ressalta um outro investimento no setor da aquicultura. Segundo ele, ainda neste ano será construído uma unidade de abate de peixes que irá atender produtores de 13 municípios no entorno de Sorriso.
Tags:
Fonte:
Gazeta Digital

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário