Produtores matogrossenses poderão renegociar dívidas agrícolas

Publicado em 16/04/2010 13:38 1254 exibições
O prazo para adesão à renegociação e quitação das dívidas originárias de operações de crédito rural poderá ser prorrogado para até o dia 30 de novembro deste ano. A informação é do senador Gilberto Goellner (DEM-MT), que na quarta-feira (14) participou de uma audiência com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa),Wagner Rossi, a medida será posta em votação até o dia 27 deste mês. O último prazo para que a classe aderisse ao acordo terminou no dia 30 de novembro de 2009.

Se a emenda que determina a prorrogação da data for aprovada, os agricultores terão até o dia 20 de dezembro deste ano para quitar ou renegociar a dívida, que em Mato Grosso gira em torno de R$ 11 bilhões, conforme informações do gerente técnico da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Tiago Mattosinho.

Goellner ressalta que também será votada uma emenda de sua autoria, que prorroga para o ano que vem as dívidas de investimento renegociadas até 2005 e de custeio revistas até 2007. Para o presidente da Associação dos Produtores de Soja do Mato Grosso (Aprosoja/MT), Glauber Silveira, o endividamento agrícola no Estado se alastra porque o setor não tem boa infraestrutura para escoar sua produção, e consequentemente, gerar renda. Ele diz que a cobrança dos altos juros nas parcelas atrapalha a quitação dos débitos.
Tags:
Fonte:
A Gazeta

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário