Ex-ministro diz que restrição argentina mostra falta de integração

Publicado em 14/05/2010 08:24 237 exibições
Francisco Turra, presidente da Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frango e ex-ministro da Agricultura, avaliou a atitude da Argentina de restringir a importação de alimentos industrializados brasileiros, sem comunicado oficial, como sinal da falta de integração dentro do Mercosul.

"Isso nunca poderia acontecer entre países vizinhos", defendeu Turra, em relação à proibição da entrada de produtos brasileiros similares aos produzidos no país portenho a partir de 1º de junho, anunciada pelo secretário de Comércio da Argentina, Guillermo Moreno, em reunição com diretores de supermercados.

Apesar do governo dizer que não foi informado oficialmente da medida, vários caminhões que partiriam do Sul para a Argentina tiveram seu ingresso suspenso depois que a informação começou a circular, no final da semana passada.

"Os países latino-americanos estão absolutamente desintegrados. Estamos cada um lutando por si sem nenhuma visão conjunta de defesa regional", cobrou Turra, que participa do Fórum Mundial de Agricultura, realizado em Brasília.

Segundo ele, é preciso haver, entre os países, governo e iniciativa privada, mais diálogo e análise sobre suas produções e demandas. Outra necessidade é a formulação de projeções de mercado conjuntas entre os países, assim como uma estratégia de defesa comum em questões fundamentais do setor agropecuário, como a sanidade animal e vegetal.

Tags:
Fonte:
Revista Globo Rural

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário