Acrimat vai acompanhar processo de venda de frigorífico

Publicado em 26/05/2010 07:25 272 exibições
O superintende da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Luciano Vacari, lamenta que o Frialto tenha recorrido à Justiça, e entrado para o rol de mais um grupo com a atividade ameaçada. “Até ontem enxergávamos um cenário, agora a recuperação é fato e vamos fazer de tudo para o Frialto volte a ser viável e reconquiste seu espaço no mercado. Porém, a quebradeira geral de pequenos é médios frigoríficos no Brasil é fruto da falta de políticas públicas que deem suporte financeiro ao segmento. Será que antes de chegarem a esta situação, tanto do Frialto como o Quatro Marcos e o Independência {empresas em processo de recuperação), não foram atrás de crédito?. Agora, fica para o mercado, melhor, para os pecuaristas o ônus de menos empresas em atividade e maior concentração de plantas nas mãos de poucos grupos, como vemos hoje aqui no Estado, com o Marfrig e o JBS/Friboi”.

Apesar do tom da crítica, Vacari afirma que mais uma vez a entidade vai acompanhar o processo. “O Frialto é uma importante marca no Estado, é estratégica ao criador e sempre teve excelente postura. Vamos sentar juntos e viabilizar a melhor solução”.

Tags:
Fonte:
Diário de Cuiabá

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário