Estudo da FAO sobre produção agropecuária confirma projeções nacionais

Publicado em 15/06/2010 13:07 226 exibições
“Os dados da FAO corroboram as estimativas de crescimento de grãos e carnes do trabalho de projeções do Ministério da Agricultura”, atesta José Garcia Gasques, coordenador de Planejamento Estratégico do Mapa. Gasques é autor do estudo Projeções do Agronegócio Brasil, divulgado em março deste ano, que apontou crescimento de 37% na produção brasileira agropecuária em 10 anos. Os dados são similares aos anunciados ontem pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). A pesquisa da FAO mostra o Brasil como país que mais expandirá sua produção agropecuária na próxima década com crescimento de 40%, o dobro da média mundial.  
O estudo do Mapa compara período de 2008/2009 com 2019/2020 e indica cenários de participação no mercado mundial, exportação e consumo de 23 produtos da pauta agropecuária do País. Esta foi a quinta edição do trabalho realizado pela Assessoria de Gestão Estratégica do Mapa que atualiza anualmente os resultados das projeções. “O crescimento projetado no trabalho do governo brasileiro resulta de dois componentes principais: a dinâmica do mercado internacional e o forte aumento do mercado interno”, conclui o coordenador do Mapa.
Números - De acordo com as projeções nacionais, a safra de grãos - soja, milho, trigo, arroz e feijão - deverá crescer 36,7%, passando de 129,8 milhões de toneladas em 2008/2009 para 177,5 milhões em 2019/2020. As carnes bovina, suína e de aves devem seguir percentual parecido, com aumento de produção estimado em 37,8%, incremento de 8,4 milhões de toneladas. Três outros itens com elevado crescimento previsto são açúcar (mais 15,2 milhões de toneladas), etanol (35,2 bilhões de litros) e leite (7,4 bilhões de litros).
Tags:
Fonte:
MAPA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário