Paim e Ana Amélia acirram disputa por segunda vaga ao Senado no RS, diz Datafolha

Publicado em 17/08/2010 03:01 320 exibições


Enquanto Germano Rigotto (PMDB), ex-governador do Rio Grande do Sul, mantém a liderança na disputa por uma das vagas gaúchas no Senado Federal, Paulo Paim (PT) e Ana Amélia (PP) acirram a briga pelo segundo lugar nas intenções de voto.

Pesquisa Datafolha feita de 9 a 12 de agosto no Rio Grande do Sul, divulgada nesta segunda, registrou oscilações dentro da margem de erro (de três pontos percentuais, para mais ou para menos) nas intenções de voto dos três principais candidatos.

Rigotto passou de 41%, em julho, para 43%. Paim, que tinha 37%, agora tem 35% e está empatado numericamente com Ana Amélia, que passou de 33% para 35%.

Os outros candidatos estão bem atrás. Vera Guasso (PSTU) e José Schneider (PMN) receberam, cada um, 3% das citações. Roberto Gross (PTC) e Prof. Marcos Monteiro (PV) apareceram em seguida, com 2% cada um.

Lucas (PSOL), Berna Menezes (PSOL) e Abgail Pereira (PC do B) foram citados, cada um, por 1% dos entrevistados. Paulo Sanches, do PCB, renunciou à candidatura e foi substituído por Luis Carlos Drehmer (PCB), que apareceu com 1% das citações.

Afirmaram votar branco ou nulo 14% dos entrevistados, e 61% ainda não decidiram o voto.

A pesquisa foi feita com 1.196 eleitores de 46 cidades gaúchas. Está registrada no TSE sob o número 22762/2010. Os contratantes são a Folha e a RBS.

Com 68%, Aécio amplia vantagem para o Senado em MG; Itamar é o 2º, diz Datafolha

O ex-governador mineiro Aécio Neves (PSDB) amplia sua vantagem na disputa por uma das duas vagas ao Senado por Minas Gerais e tem o melhor desempenho entre os candidatos pesquisados pelo Datafolha.

Segundo pesquisa feita de 9 a 12 de agosto, Aécio tem 68% das intenções de voto, seis pontos a mais do que no levantamento anterior, de 20 a 23 de julho. Em segundo lugar aparece o ex-presidente Itamar Franco (PPS), com 47% (41% em julho).

Fernando Pimentel (PT), ex-prefeito de Belo Horizonte, caiu de 23% para 20%, mas continua em terceiro.

Brancos e nulos somam 15%, e 35% estão indecisos.

A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. Foram ouvidos 1.264 eleitores de 51 cidades mineiras. A pesquisa está registrada no TSE sob o número 22754/2010. Os contratantes são a Folha e a Rede Globo.

Datafolha mostra Marta Suplicy à frente, com Quércia e Tuma tecnicamente empatados

Publicidade

 

DE SÃO PAULO

Marta Suplicy (PT), ex-prefeita de São Paulo, mantém a liderança na disputa por uma das duas vagas paulistas no Senado. Segundo pesquisa Datafolha feita de 9 a 12 e agosto, a petista tem agora os mesmos 32% das intenções de voto que tinha no levantamento anterior (20 a 23 de julho).

Em segundo lugar na pesquisa aparece Orestes Quércia (PMDB), tecnicamente empatado com o senador Romeu Tuma (PTB). O ex-governador paulista passou de 21% para 25% das intenções de voto, e Tuma, com 23%, oscilou dentro da margem de erro (ele tinha 22%).

O candidato Netinho de Paula (PC do B) oscilou positivamente dentro da margem e assumiu o quarto lugar, com 17% das intenções de voto (ele tinha 15%). Ele foi favorecido pela queda de Ciro Moura (PTC), que caiu de 19% para 15% e aparece logo atrás, tecnicamente empatado com Netinho.

O apresentador Moacyr Franco (PSL) é o sexto colocado na disputa, com 9% (tinha 8% na pesquisa anterior).

Logo em seguida, com 5%, vêm Ana Luiza (PSOL), que manteve o patamar anterior, e Aloysio Nunes Ferreira (PSDB), que oscilou positivamente (ele tinha 4%).

Votariam em branco ou anulariam o voto 26% dos entrevistados, e 34% não souberam responder.

A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Foram ouvidos 2.040 eleitores de 58 cidades do Estado de São Paulo. Os contratantes da pesquisa são a Folha e a Rede Globo. A pesquisa está registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número 22.761/2010.


Tags:
Fonte:
Folha de S. Paulo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário