Vendas de fertilizantes alcançam 13,6 milhões de toneladas em 2010

Publicado em 29/09/2010 08:02
325 exibições
As entregas de fertilizantes ao consumidor final alcançaram 13,6 milhões de toneladas, nos oito primeiros meses deste ano. O resultado representa crescimento de 2,4%, em relação ao mesmo período do ano passado, que registrou 13,2 milhões de toneladas. Os números são da Associação dos Misturadores de Adubos do Brasil (AMA) e foram apresentados, nesta segunda-feira, 27 de setembro, na 49ª reunião ordinária da Câmara Temática de Insumos Agropecuários, em Brasília.

Os estados que mais se destacaram nas vendas foram Mato Grosso, com 2,6 milhões de toneladas, São Paulo (1,8 milhão de toneladas) e Paraná (1,8 milhão de toneladas). A região Centro-Oeste foi responsável por 4,4 milhões de toneladas.

A produção de fertilizantes, de janeiro a agosto de 2010, foi de 6,04 milhões de toneladas, contra 5,3 milhões de toneladas, em igual período de 2009, o que representa crescimento de 13,8%. Já as importações passaram de 6,3 milhões de toneladas, no ano passado, para 8,9 milhões de toneladas neste ano, aumento de 41,6%.

Essa situação está relacionada ao aumento dos preços das commodities e à redução do preço dos insumos, em relação à safra passada, explicou o presidente da Câmara Temática de Insumos, Cristiano Walter Simon.

Dados da Associação Nacional de Defesa Vegetal (Andef) indicam que as vendas de defensivos alcançaram US$ 539 milhões, em julho deste ano, contra US$ 534 milhões, em julho de 2009. Nos sete primeiros meses deste ano foram US$ 2,4 bilhões, sendo o setor de herbicidas, responsável por US$ 927 milhões e o de inseticidas, por US$ 690 milhões.

A Câmara é um fórum consultivo ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que conta com representantes do governo e da iniciativa privada.
Tags:
Fonte: Mapa

Nenhum comentário