Produtor rural recuperará renda no ano 2010/11, afirma Mapa

Publicado em 30/09/2010 10:49
295 exibições
Estimativa é de crescimento de 2% na produção de grãos, segundo o setor de insumos agropecuários.
A Câmara Temática de Insumos Agropecuários, órgão consultivo vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizou reunião, ontem, e concluiu que o ano agrícola 2010/2011 será um período de recuperação da renda para o produtor rural.

"Teremos um crescimento na produção de grãos de 2% na comparação com a safra passada, chegando a 152 milhões de toneladas, mas com um crescimento de 8% da receita ao agricultor, que deverá alcançar R$ 85,3 bilhões para grãos. Se agregarmos as culturas perenes, como café, cana-de-açúcar e citricultura, chegaremos a R$ 183 bilhões", afirmou o presidente da Câmara, Cristiano Walter Simon. Os números citados por Simon referem-se a estudo realizado pela RC Consultores para a Associação Nacional de Defesa Vegetal (Andef).

 O trabalho aponta que em 2010 a renda total do setor agrícola, envolvendo as culturas temporárias de algodão, arroz, feijão, milho, soja e trigo, e as lavouras perenes como as de café, cana-de-açúcar, fumo, laranja, além de outras culturas, alcançará R$ 174,7 bilhões. O setor de grãos, sozinho, registrará renda de R$ 78,8 bilhões este ano, indica a projeção apresentada na Câmara Setorial. A Andef projeta crescimento de 3% na produção de soja e de 10% para o algodão.

"O aumento dos preços das commodities tem ajudado o produtor. Há também redução ou pelo menos o equilíbrio dos preços dos insumos em relação à safra passada, o que também ajudou na relação de troca do produtor", afirmou.
Tags:
Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário