Acrimat quer mobilizar produtores para assembleia geral do Frialto

Publicado em 07/10/2010 07:44
181 exibições
Foi anunciada ontem a Assembleia Geral de Credores AGC - do grupo Frialto composto pelas sociedades Vale Grande Indústria e Comércio de Alimentos S.A., Agropecuária Ponto Alto LTDA. e Urupuá Indústria e Comércio de Alimentos LTDA. O juiz de direito da 2ª Vara Cível da Comarca de Sinop, Paulo Martini, convocou todos os credores para comparecerem na Rua das Avencas, n.º 2377 Amazon Centro de Eventos, em Sinop/MT, no dia 21 de outubro de 2010, às 9 horas em primeira convocação, e em segunda convocação no dia 28 de outubro de 2010 às 09 horas no mesmo local.

Vamos mobilizar os credores para que compareçam, no maior número possível, na assembleia geral e quem não puder participar entregar uma procuração para uma liderança dos pecuaristas, para ser representado, disse o superintendente da Associação dos Criadores de Mato Grosso Acrimat, Luciano Vacari. Ele explica que essa mobilização é importante para que possamos conseguir as melhores condições nas negociações do plano.

O assessor jurídico da Acrimat, Armando Biancardini Candia, ressalta ainda que a Acrimat está com seu departamento jurídico à disposição dos produtores para todas as orientações necessárias. O assessor avisar que vamos acompanhar todo processo e estaremos presentes na assembleia para dar suporte aos credores do setor pecuário.

O Frialto já apresentou dois cenários para o pagamento dos fornecedores estratégicos, onde estão os pecuaristas, como possíveis propostas do Plano de Recuperação que será apresentado na AGC.

Na primeira hipótese a empresa retoma suas atividades sem novos financiamentos. Neste cenário a proposta é de que após a homologação do Plano na Assembleia Geral dos Credores cada Credor Estratégico cujo crédito não seja superior a R$ 25.000,00 será pago integralmente 5 dias depois; aos demais credores, 10% do saldo devedor a cada credor 35 dias depois; 50% do saldo devedor seriam pagos em 11 parcelas mensais; e o saldo restante (40%) pago em 12 parcelas mensais, somando 2 anos para quitar o débito.

Na segunda hipótese, o frigorífico prevê a continuidade das operações com financiamentos no valor de R$ 50.000.000,00. Nesse caso, após a homologação do Plano na AGC, cada Credor Estratégico cujo crédito não seja superior a R$ 25.000,00 será pago integralmente 5 dias depois; aos demais credores pagamento de 10% do saldo devedor 35 dias após o pagamento previsto aos que receberam integralmente; 10 dias após o desembolso do valor do financiamento, pagamento de 50% do saldo devedor; e o saldo restante pago em 11 parcelas mensais.

A Frialto protocolou o pedido de recuperação judicial na Comarca de Sinop (MT), no dia 24 de maio. O grupo possui três plantas em Mato Grosso localizadas em Nova Canaã do Norte, Matupá e Sinop, e uma em construção em Tabaporã.
Tags:
Fonte: Diário de Cuiabá

Nenhum comentário