La Niña e alta das commodities alavancam mercado de irrigação no país

Publicado em 16/11/2010 15:22 378 exibições
Venda de equipamentos supera números do ano passado, mas ainda não chega a resultados pré-crise.
O fenômeno climático La Niña impulsionou a venda de equipamentos para a irrigação no país. Além disso, a alta das commodities no mercado internacional também estimula os investimentos dos produtores no sistema.

O presidente da Câmara setorial de Irrigação da Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas afirma que houve crescimento nas vendas em relação ao ano passado. Marcelo Borges destaca, no entanto, que os resultados não devem superar os níveis pré-crise, iniciada no segundo semestre de 2008.

– No geral a gente vê um aumento de 10% a 15% em relação ao ano passado, que foi um ano bem menor do que 2008. Mas em relação a 2008, devemos fechar ainda 10% abaixo. É uma retomada de mercado  – informa.

Estimativas da Câmara apontam que o Brasil irriga apenas 4 milhões de hectares, quando tem um potencial de irrigação de até 60 milhões.

Tags:
Fonte:
Rádio Gaúcha

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário