Comissão da CNA defende modelo de padronização para o abate de animais

Publicado em 24/11/2010 11:59 232 exibições
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) deve disponibilizar ainda neste ano um modelo padronizado de planta para a construção de abatedouros de caprinos e ovinos em todo o país. Essa decisão atende a um antigo pleito desse setor e foi discutida nesta terça-feira (23-11) na reunião da Comissão Nacional de Caprinos e Ovinos da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em Brasília. Segundo o presidente da comissão, Edilson Maia, a medida é um importante passo para oferecer ao consumidor produtos certificados e inspecionados, garantindo segurança alimentar. “Isso certamente vai estimular a formalização da cadeia produtiva e o aumento da oferta”, destacou Maia.

Maia destacou que esse foi um dos principais ganhos para a cadeia produtiva em 2010. No entanto, reconheceu que ainda há muitos gargalos a serem enfrentados pelo setor que foram abordados na reunião da comissão. Um dos desafios para possibilitar o desenvolvimento da atividade é promover a capacitação de profissionais para atuar no segmento. Na sua avaliação, a demanda por produtos derivados de caprinos e ovinos tem sido cada vez mais demandados e o país deve estar preparado para atender as exigências do mercado consumidor. Segundo ele, o Brasil tem um rebanho de 26 milhões de animais, dos quais 16 milhões de ovinos e 10 milhões de caprinos. Outro tema discutido no encontro foi a desoneração de impostos sobre os insumos.
Tags:
Fonte:
CNA

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário