Tarso vai à Justiça por cargo do Irga

Publicado em 09/12/2010 06:29 268 exibições
O governador eleito Tarso Genro anunciou ontem (8) que o PT irá à Justiça contra a nomeação de Mauricio Fischer para a presidência do Irga. Descontente com a decisão tomada pela governadora Yeda Crusius, Tarso reagiu convidando o prefeito de Santa Vitória do Palmar, Claudio Pereira, para assumir a autarquia. Para garantir a substituição, a bancada petista na Assembleia Legislativa irá ingressar com ação de inconstitucionalidade contra a nomeação de Fischer, que está embasada na lei 13.532, que prevê a lista tríplice. De acordo com o futuro secretário da Agricultura, Luis Fernando Mainardi, a nomeação é ilegal. "Isso vai contra a prerrogativa que o novo governador tem de escolher quem dirigirá a autarquia", frisa.

A ideia é que Pereira assuma o cargo já nos primeiros dias do novo governo. Engenheiro agrônomo, Pereira atuou no departamento de assistência técnica do Irga durante o governo Olívio Dutra. "Já trabalhei em todas as áreas do setor e é uma honra ter recebido este convite", disse.

Reunião hoje em Porto Alegre deve definir a estratégia jurídica para garantir que o partido possa definir o presidente do instituto. "Acredito que vamos conseguir assumir no diálogo", destaca Pereira. Mainardi afirma que o governo não teme se indispor com os produtores. "Se eles quisessem que Fischer ficasse, deveriam ter eleito Yeda."

Tags:
Fonte:
Correio do Povo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário