Algodão e soja serão destaques na safra 2010/2011

Publicado em 10/12/2010 07:39 215 exibições
“A tendência é que o algodão se firme como um dos principais produtos da próxima safra nacional. Com destaque, sobretudo, para a região Centro-Oeste e a Bahia”. A avaliação foi feita pelo diretor de Política Agrícola e Informações da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Sílvio Porto, durante o anúncio do 3º Levantamento da Safra de Grãos 2010/2011, nesta quinta-feira, 9 de dezembro, em Brasília.

De acordo com Sílvio Porto, Mato Grosso e Piauí apresentaram crescimento significativo na produção da cultura. “O cenário para o algodão deverá se repetir em 2011, porque o setor trabalha com o mercado futuro, com previsão de safra para o ano seguinte. A tendência é que a safra seja muito boa”, afirmou.

De acordo com projeção da Conab, o algodão ocupará área de 1,21 milhão de hectares no ciclo 2010/2011, com aumento de 45,3% em comparação à safra 2009/2010. O estudo prevê que a produção de pluma terá acréscimo de 53,7% em relação à atual safra, alcançando o recorde de 1,8 milhão de toneladas. “O Brasil vem fazendo um enorme esforço, nas últimas décadas, para se posicionar como um dos principais produtores de algodão do mundo. O apoio do governo ao setor nos últimos anos garantiu o preço mínimo ao produtor”, explicou.

Soja

Com o aquecimento dos preços, o produto vem apresentando maior projeção em todos os estados. A soja tem muita liquidez e a China tem ampliado as compras, principalmente de grãos. O Brasil está exportando em torno de 70% da produção nacional. “O produto é um dos que apresentam menos problemas no mercado atual, pois está com boa perspectiva de consumo mundial. O Brasil é o segundo maior fornecedor, aproximando- se dos Estados Unidos”, disse.

Milho

A baixa no preço do grão, principalmente no primeiro semestre, desestimulou os produtores de milho. “Parte deles optou pela soja, que tem maior liquidez e vem mantendo preços em alta, além de ter perspectiva de mercado futuro. Mas nós acreditamos que estados como Paraná, Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul vão plantar mais na safrinha”, comentou Silvio Porto. Segundo ele, a safra 2010/2011 deve ser melhor do que a anterior para o milho.

Clima

De acordo com a Conab, as condições climáticas para a próxima safra são mais preocupantes no Rio Grande do Sul, que hoje se destaca na produção de arroz. No Centro-Oeste, a procupação é com relação ao prolongamento das chuvas no próximo ano. “O atraso nas chuvas, como houve neste ano, viabiliza o plantio da safrinha. E a nossa expectativa é de que isso se repita esse ano”, concluiu.

Tags:
Fonte:
Mapa

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário