Agricultor gaúcho ainda não busca seguro

Publicado em 07/01/2011 09:36 270 exibições
Apesar da seca, a busca por seguro é considerada normal. Por enquanto, a situação que afeta parte da região Sul do RS, não se reflete nas solicitações de acesso ao Proagro Mais. De acordo com a Emater, que faz a maioria das perícias para os bancos no RS, desde agosto, 400 perícias foram encaminhadas. Para ter direito ao Proagro Mais, o produtor deve comprovar perda de, ao menos, 30% da renda bruta prevista. Após o comunicado, a instituição financeira deve garantir vistoria em até três dias. O seguro indeniza 100% do valor de custeio e quita a parcela de investimento do ano até R$ 5 mil.
Tags:
Fonte:
Correio do Povo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário