Instituto de Pesquisa Rothamstead e Embrapa discutem parceria|

Publicado em 06/04/2011 14:26 169 exibições
Durante esta semana pesquisadores do Rothamstead Research, da Inglaterra, estão no Brasil para conhecer melhor os trabalhos realizados com semioquímicos para controle de pragas no país, em especial na Embrapa. Eles estão acompanhados por pesquisadores da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (Brasília/DF) e já passaram pela Embrapa Trigo (Passo Fundo/RS), onde apresentaram seminário, conheceram pesquisas e discutiram a parceria. Na sequência, eles visitam a Embrapa Suínos e Aves (Concórdia/SC), nesta quarta-feira, dia 6 de abril.

De acordo com o chefe adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Suínos e Aves, Gerson Scheuermann, na Unidade eles conhecerão as preliminares de um projeto de controle de cascudinho e auxiliarão com sugestões de adequação. O trabalho será feito por meio de cromotografia gasosa acoplada a detector de espectrometria de massa para analisar substâncias voláteis liberadas pelos insetos. “Será muito importante a contribuição deles em nosso trabalho, pois são especialistas de renome na área”, comentou Gerson.

Os pesquisadores John Pickett, Lesley Smart e Mike Birkett são integrantes do grupo de Ecologia Química de Rothamsted, instituição referência no desenvolvimento de semioquímicos para controle de pragas, especialmente pulgões e percevejos. Desde 2010, a Embrapa possui um laboratório virtual no Rothamsted Research - localizado a cerca de 53 quilômetros de Londres, em Harpenden – que tem como foco, entre outros assuntos, as pesquisas com pragas e doenças no trigo.

Amanhã, dia 06 de abril, durante a visita na Embrapa Suínos e Aves, eles realizam o seminário "Projeto de Cooperação Técnica entre a Embrapa e o Rothamstead Research da Inglaterra". O evento acontece no auditório da Unidade, a partir das 9h40. Antes serão recebidos pela chefia da Unidade. À tarde, a programação inclui a visita no Laboratório de Análises Físico Químicas, onde está sendo desenvolvido o trabalho com os cascudinhos.

Tags:
Fonte:
Embrapa

0 comentário