Presidente da Conab vai rever regras de armazenagem no RS

Publicado em 14/04/2011 11:39 241 exibições

O presidente da Companhia Nacional de Abastecimento – Conab, Evangevaldo Moreira dos Santos, confirmou durante audiência com o deputado federal Luis Carlos Heinze (PP/RS), na terça-feira (12), que o novo procurador do órgão irá analisar e apresentará uma solução, ainda nesta semana, para o credenciamento de armazéns no Rio Grande do Sul.

Após uma determinação do Tribunal de Contas da União – TCU - a Conab passou exigir garantias dos armazenadores no limite mínimo de 5% do produto estocado. De acordo com Heinze 150 silos no estado gaúcho estão com contratos vencidos e outros 116 a vencer. “A situação é preocupante. As empresas não tem garantias desembaraçadas e todos ficarão impedidos de prestarem serviços a Conab e o principal prejudicado será o produtor”, reclama Heinze.

Segundo o parlamentar, a implantação dos programas de apoio a comercialização do arroz, como o AGF, já em andamento, e os contratos de opção que ainda serão divulgados, dependem de armazéns habilitados na companhia. “Depois de muito esforço conseguimos um pouco de recurso, no entanto os mecanismos ainda não estão atendendo os orizicultores, devido as novas regras determinadas pelo TCU”.

APOIO AOS ORIZICULTORES: Devido a uma das piores crises já enfrentadas pelos produtores de arroz, o deputado Luis Carlos Heinze, com o apoio dos senadores Waldemir Moka (PMDB/MS), Luiz Henrique (PMDB/SC), Ana Amélia Lemos (PP/RS) e Gleisi Hoffmann (PT/PR), articula uma reunião com o ministro da Fazenda, Guido Mantega. O parlamentar defende a criação de um programa que garanta o repasse de recursos direto ao orizicultor e atenda até cinco milhões de toneladas.

Tags:
Fonte:
Ass. Com. Luiz Carlos Heinze

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário