Governo recorre de decisão que dá superaposentadoria para Requião

Publicado em 15/04/2011 06:52 e atualizado em 15/04/2011 09:52 176 exibições
O governo do Paraná recorreu ontem da decisão liminar que manteve a aposentadoria vitalícia do senador Roberto Requião (PMDB-PR).

Até o mês passado, ele recebia uma pensão de R$ 24 mil por ter sido governador. No entanto, os pagamentos foram cancelados pelo atual governador, Beto Richa (PSDB), após parecer da Procuradoria-Geral do Estado ter avaliado que eles eram irregulares.

Ontem, o desembargador Antonio Loyola Vieira, do Tribunal de Justiça do Paraná, suspendeu liminarmente a decisão do governo.

O recurso do governo está nas mãos do presidente do TJ-PR, Miguel Kfouri Neto.
Além de Requião, outros três ex-governadores recebiam a aposentadoria -Jaime Lerner, Mário Pereira, Orlando Pessuti (PMDB).

Ao conceder a liminar, Loyola Vieira lembrou que a questão é discutida no STF (Supremo Tribunal Federal).

Em fevereiro, o governo do Paraná já havia cancelado o pagamento ao ex-governador e senador Alvaro Dias (PSDB).

Tags:
Fonte:
Folha de S. Paulo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário