Sebrae capixaba elege PNDS como o melhor caso de sucesso de 2010

Publicado em 23/05/2011 16:26 152 exibições
Iniciado no Espírito Santo no ano passado, o Projeto Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (PNDS), foi escolhido pelo Sebrae capixaba um dos melhores casos de sucesso como projeto gerencial ideal para apresentação no III Encontro Regional de Administração e Finanças da Região Sudeste, realizado em Vitória, no Espírito Santo, na primeira quinzena de maio.

Os critérios para escolha dos trabalhos levaram em consideração os projetos com resultados previstos alcançados e desenvolvidos com qualidade de gestão. O evento reuniu a equipe da Diretoria de Administração e Finanças do Sebrae Nacional, dos diretores, gerentes e técnicos do Sebrae no Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.  No encontro, o gestor de projetos do Sebrae/ES, Thiago Martins, apresentou as estratégias e esforços executados pela entidade como apoio a Associação de Suinocultores de Espírito Santo (ASES) em busca de desenvolver a cadeia suinícola do Espírito Santo provocando o aumento de consumo da carne suína .

O Diretor de Atendimento do Sebrae/ES, Ruy Dias de Souza, destacou as ações e os resultados alcançados. “O projeto desenvolvido na suinocultura capixaba é um caso de sucesso, está se destacando, tem uma alavanca transformadora importante e já conseguiu resultados muito bons para mudar a imagem da carne suína, ampliando a visibilidade da suinocultura capixaba, que não tinha a tradição de outros estados produtores”. Para a gerente da unidade de atendimento ao agronegócio do Sebrae/ES, Leticia Toniato Simões, os agentes do estado se empenharam para que as ações fossem potencializadas ao máximo, atingindo resultados finalísticos extremamente satisfatórios.

Para o presidente da ASES, José Puppin, que participou da apresentação do projeto, o PNDS vem consolidando sua importância para a suinocultura capixaba. “O trabalho é muito bom e atraiu o interesse dos supermercados pela carne suína, o que proporcionou um incremento no consumo. O Projeto está trazendo boas perspectivas de mercado para a produção local”. Puppin acrescentou ainda a importante colaboração do projeto para a desmistificação da carne suína. “A atuação esclarece o público sobre a produção do suíno, que deixou de lado o porco-banha do passado e hoje produz carne suína com valores nutricionais compatíveis ou melhores do que outras carnes”,  disse o presidente.

Já para José Cláudio dos Santos, diretor de Administração e Finanças do Sebrae Nacional, o PNDS desenvolvido no Espírito Santo pode ir ainda mais longe. “O projeto tem alianças importantes que o fazem ser sucesso e acredito que é possível uma meta ainda mais audaciosa vislumbrando até o mercado externo”.

“Certamente essa é uma conquista que todo o Conselho da ABCS, lideranças estaduais e equipe executiva do PNDS comemoram, somado a satisfação  dos dirigentes e equipe executiva da Ases que coordenaram as ações do Projeto no estado junto ao Sebrae/ES, por meio da orientação da ABCS”, afirma a coordenadora do PNDS, Lívia Machado. Segundo ela ainda há muito espaço de crescimento e desenvolvimento da suinocultura capixaba para aumentar a sua competitividade. “Precisamos seguir focados e unidos em prol desses resultados”, encerra.

Tags:
Fonte:
ABCS

0 comentário