Agricultores são ameaçados em disputa por terras em Rondônia

Publicado em 30/06/2011 09:55 342 exibições
Conflitos agrários provocam mais violência no estado. Grupo de agricultores foi ameaçado por pecuaristas em Jaci Paraná.
Na área rural de Jaci-Paraná, região norte de Rondônia, mais de 50 famílias ocupam, há um ano, cerca de 2,5 mil hectares de terras da União. Apesar de serem propriedades do estado, as terras já haviam sido ocupadas por pecuaristas há cerca de 15 anos. O gado está por toda parte. Agora, as famílias estão sendo expulsas e ameaçadas de morte. No último final de semana, um grupo armado foi ao local exigir a desocupação imediata das terras.

Uma mulher conta que foi ameaçada, mesmo com o filho no colo. O mesmo grupo é acusado de incendiar cinco casas. Em uma delas, onde viviam cinco pessoas, incluindo uma criança, quase tudo foi destruído.

Os agricultores anotaram as placas dos veículos que transportavam os homens armados e denunciaram o caso à corregedoria da Polícia Militar e ao Ministério Público do estado.

Este não é o único caso de conflito agrário em Rondônia. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do estado, 27 inquéritos estão abertos desde 2005 em processo de investigação.

Representantes do estado e do Incra se reuniram para discutir o plano de segurança no campo, apresentado ao ministro da Justiça.

Segundo Luiz Pires, representante da Fetagro e do Sindicato da Agricultura Familiar, as medidas de segurança são necessárias para coibir novos casos de violência. “Se as autoridades não tomarem providência, em breve teremos um novo massacre nesta região”.

Os agricultores de Jaci Paraná disseram que também foram ameaçados por policiais. A corregedoria da Polícia Militar vai apurar a denúncia e um relatório deve ser divulgado em 30 dias.

Tags:
Fonte:
G1.com

0 comentário