Arroz: Bradesco adia vencimentos de custeio para outubro

Publicado em 30/06/2011 18:13 223 exibições
Adiamento atende demanda da Federarroz em toda a região arrozeira do setor

O presidente da Federarroz, Renato Rocha, anunciou nesta quinta-feira (30/06), que as agências do Banco Bradesco nas regiões arrozeiras do Rio Grande do Sul adiarão os vencimentos de custeio previstos em 10 de julho/agosto/setembro e outubro, ficando tudo para final de outubro. Segundo ele, a medida atende à demanda da Federação de postergar o vencimento das parcelas em razão dos baixos preços de comercialização do produto neste primeiro semestre de 2011.

-- "Esperamos que os mecanismos do governo mantenham a rota de recuperação das cotações, que ainda estão distantes do preço mínimo de garantia de R$ 25,80 por saca de arroz em casca. Assim, será possível para o arrozeiro quitar seus compromissos com o banco"”, destacou o dirigente

Segundo Rocha, o adiamento dos vencimentos do financiamento de custeio da safra evita a oferta do grão a preços baixos, impedindo a recuperação nas cotações. “A moeda do arrozeiro é o arroz. Quanto mais baixos os preços, mais produto ele precisará vender para pagar o custeio e mais oferta haverá no mercado, causando maior prejuízo e mantendo a comercialização em valores irrisórios. Sem a obrigação imediata de pagamento, dá pra diluir a venda e esperar preços um pouco melhores para vender”, cita

O presidente da Federarroz alertou que o adiamentonão é automático, pois o produtor precisa ir à agência do Bradesco onde contratou o financiamento e requerer que seja adiado o vencimento, e assinar o aditivo ao contrato, não necessitando de recibo de depósito do produto.

Tags:
Fonte:
Imprensa/Federaarroz

0 comentário