BB fecha acordo com Andav para financiar insumos

Publicado em 28/07/2011 07:54 433 exibições
As empresas integrantes da Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários (Andav) terão acesso a 16 novas linhas de financiamento comercial para a aquisição de insumos agropecuários. A Andav fechou um acordo, ontem, com o Banco do Brasil para utilizar essas linhas de crédito, até então indisponíveis aos associados da Andav, em condições especiais.

Os negócios gerados pelo acordo devem superar R$ 7 bilhões no primeiro ano de operação, avalia a Andav. "Esperamos um novo recorde de produção nacional e um acréscimo de 10% na demanda por insumos na área de defensivos em um ano. Vamos demandar mais crédito e, para isso, a parceria vai favorecer esse crescimento e essa necessidade de novas linhas", diz o presidente da Andav, Henrique Mazotini.

As linhas de crédito serão negociadas pela Andav, que repassará os recursos ao produtor. Como atrativo, as garantias oferecidas pelas associadas foram reduzidas. Antes, o produtor deveria entrar com 100% de garantia para contratar um empréstimo. A partir de agora, ele tem a possibilidade de entrar com 20% do valor em garantia e 80% na forma de adesão a um fundo de garantia de operações gerido pelo próprio Banco do Brasil. A forma de pagamento, que era uma só, a partir de agora poderá ser escolhida entre várias opções.

Os juros, na linha Giro Empresa Flex, estão em torno de 2,4% ao mês, com prazo de pagamento de 24 meses. No ano passado, esse custo partia de 13% ao ano.

O BB reviu a classificação dos membros da Andav e permitiu que as empresas tivessem acesso às linhas comerciais. Alguns dos produtos exclusivos do Banco do Brasil como o Giro Empresa, Giro Empresa Flex-Agro, Crédito Agroindustrial, BNDES-Finame, Crédito Empresa, AgroRisco, Conveniada, entre outros, que ampliam o capital de giro e prazos das revendas, terão acesso facilitado e condições especiais aos associados da Andav. Além das 16 novas linhas, está mantida a único alternativa usada anteriormente: o capital de giro.

O BB informou que, além de taxas de juros reduzidas, os associados da Andav terão formas de pagamento flexíveis e redução de garantias para empréstimos.

Presente em mais de 400 municípios, com 1 mil associados, a Andav afirma que o acordo deixará as empresas mais capitalizadas, tornando-as menos vulneráveis às oscilações do mercado.

Os novos produtos estarão disponíveis nas agências do Banco Brasil em todo o país. "Nosso objetivo é fazer com que o agricultor tenha cada vez mais acesso aos insumos adequados com um custo viável", afirmou Mazotini, da Andav.

O aumento das opções de crédito, de acordo com o presidente da Andav, dará mais maleabilidade às empresas associadas.

"A Andav já tinha uma parceria de três anos com o Banco do Brasil. Renovamos o compromisso no sentido de estreitar o relacionamento, porque os associados da Andav são importantes clientes para o banco. Queremos levar a parceria e as vantagens até os agricultores", acrescentou o dirigente.

Tags:
Fonte:
Valor Econômico

0 comentário