PIB da agropecuária cresce 3,68% no acumulado do ano, diz pesquisa

Publicado em 15/08/2011 14:25 341 exibições
Conforme CNA, alta do segmento de janeiro a abril é a maior do agronegócio.
O Produto Interno Bruto (PIB) da agropecuária cresceu 0,97% no mês de abril, resultado que elevou para 3,68% a alta acumulada do PIB do segmento em 2011. O setor liderou o crescimento do desempenho do agronegócio, cuja expansão foi de 0,68% em abril, acumulando alta de 2,76% no ano. Os dados são do último levantamento divulgado pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

O estudo, desenvolvido em parceria com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), mostra que, na agricultura, a forte alta dos preços de importantes culturas, como algodão, café, laranja, milho e soja, elevou o faturamento do segmento. Em volume de produção, o desempenho foi mais modesto, com quedas em alguns casos, como café, cana-de-açúcar e trigo..

O PIB do segmento primário da pecuária registrou alta de 1,89% no acumulado do ano, influenciando os resultados do setor de insumos agropecuários, que teve crescimento de 0,63% em abril. No caso da agricultura, o crescimento foi de 0,91%. Em termos de preços, a expansão real foi de 0,68% no ano, considerando a inflação no período.

A alta dos preços agropecuários e o crescimento da produção determinaram a revisão das estimativas para o Valor Bruto da Produção (VBP) em 2011. De acordo com a CNA, o VBP deve crescer 9,9% no ano, para R$ 283,9 bilhões, valor que supera o resultado de 2010, quando foi de R$ 258,2 bilhões. O destaque é o faturamento da pecuária, que deve crescer 10,5% para R$ 108,2 bilhões em 2011.

A CNA também divulgou dados da balança comercial do agronegócio. Em junho, as exportações de produtos agropecuários renderam US$ 8,9 bilhões, com crescimento de 29,1% em relação a igual período de 2010. O acumulado no ano também mostrou sinais positivos, com incremento de 23,4%, resultando em um faturamento de US$ 43,2 bilhões.

Tags:
Fonte:
CNA

0 comentário