No G1: Australianos protestam contra taxa do carbono

Publicado em 17/08/2011 10:16 226 exibições
Manifestantes australianos fizeram um protesto em Canberra contra a proposta do governo de taxar as empresas emissoras de dióxido de carbono.Os críticos dizem que se for aprovada a lei pode implicar em milhares de demissões e acabar com a economia do país, que é muito dependente do carvão. A oposição esta abraçando a causa dos manifestantes, fazendo duras críticas às taxas de carbono e até pedindo novas eleições. 

O governo afirma porém que essa é a melhor maneira de lidar com o aquecimento global. Isso porque a Austrália um dos maiores emissores de carbono entre os países desenvolvidos.

A medida é o carro-chefe da política ambiental do governo trabalhista, que pode afetar até 500 das indústrias mais poluidoras do país, que terão de pagar pela tonelada de carbono emitida. A manifestação desta terça-feira foi apenas um aquecimento de um protesto organizado para semana que vem.  Manifestantes contrários a lei prometeram levar dezenas de caminhões para a cidade, bloqueando diversas avenidas próximas ao parlamento.

.  

Tags:
Fonte:
G1 (Globo)

1 comentário

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Alguém precisa informar a estes manifestantes australianos de que temos uma autoridade no assunto para argumentar CONTRA a propaganda aquecimentista, trata-se do Prof. Luiz Carlos B. Molion. É engraçado que ninguém se movimente para diminuir o consumo de petróleo... É todos contra consumo de carvão, queima de lenha etc... até energia hidrelétrica, por que será hein? Tenho certeza que a leitura feita pelo Dep. Aldo Rebelo em uma Reunião da OMC foi correta: Este assunto do Aquecimento Global é pura invenção de interesses econômicos.

    0