Arantes promove debate público sobre Agricultura Familiar em São Sebastião do Paraíso

Publicado em 06/09/2011 12:13 e atualizado em 06/09/2011 15:45 405 exibições
Evento contará com a participação de expositores importantes
Na próxima quinta-feira, 08, às 14h, acontecerá um debate público no Teatro Mu
Clique aqui para ampliar!
-nicipal da prefeitura promovido pelo presidente da Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial, deputado estadual Antônio Carlos Arantes (PSC) sobre Agricultura Familiar, segmento responsável pela maior parte produção dos alimentos que são disponibilizados para o consumo da produção brasileira. A chamada agricultura familiar é constituída de pequenos e médios rurais, comunidades tradicionais e assentamentos da reforma agrária, exercendo papel fundamental na economia de uma parcela significativa das pequenas cidades brasileiras. Estarão palestrando sobre o assunto o  subsecretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Edmar Gadelha; o presidente do Conselho de Segurança Alimentar do Estado (Consea-MG), Dom Mauro Morelli e o superintendente Regional de Varejo do Banco do Brasil, Sérvio Túlio de Carvalho. Além disto, o evento contará com inúmeros produtores, associações do segmento, lideranças políticas da região, imprensa, entre outros.

Arantes falou da sua motivação para que o assunto seja debatido. “Como presidente da Comissão de Política Agropecuária e Agroindustrial, tenho percebido cada vez mais a importância do alimento com qualidade e também da necessidade deste alimento ser aproveitado na própria comunidade, em escolas, creches, asilos e instituições de caridade”, disse o parlamentar.

Antônio Carlos está trabalhando para a aprovação de um projeto para a promoção da Agricultura Familiar. No dia 17 de agosto, por exemplo, foi protocolado o projeto de lei N° 2337/2011 de sua autoria, que tem o objetivo de fomentar e potencializar a comercialização da produção agrícola de assentados, quilombolas e agricultores familiares tradicionais, explorando oportunidades dentro do próprio Governo do Estado e alinhavando parcerias. A intenção é que o Governo se comprometa a comprar parte da produção dos beneficiados pelo projeto.

Tags:
Fonte:
Ass. Dep. Antônio Carlos Arantes

0 comentário