Radar do Mercado: Confira a movimentação do mercado internacional nesta quinta-feira

Publicado em 22/09/2011 13:59 e atualizado em 23/09/2011 09:26 651 exibições
O mercado de commodities agrícolas encerrou as negociações desta quinta-feira com expressiva pressão negativa nos contratos futuros. Os preços foram pressionados principalmente por fatores macroeconômicos, em meio aos temores com a crise de débito na zona do Euro, que encorajam um movimento de liquidações de posição por parte de fundos e especuladores.

Além disso, a alta cambial expressiva também contribuiu de forma negativa as cotações, assim como os futuros do petróleo internacional.

Os contratos futuros do algodão, açúcar, café e suco de laranja encerraram com quedas expressivas no pregão da Bolsa de Nova York. Em Chicago, soja, milho e trigo também amargam perdas. Confira abaixo o fechamento.

Café

Os contratos com entrega em dezembro/2011 encerraram cotados a 239,50 centavos de dólar por libra-peso, com desvalorização de 12,45 centavos/lb. A posição março/2012 tem preço de 242,10 centavos de dólar, com perda de 12,95 centavo de dólar.

Suco de Laranja

Os contratos com entrega em janeiro/2011 foram negociados a 156,05 centavos de dólar por libra-peso, com perda de 6,85 centavos. A posição março/2012 tem preço de  157,25 centavos de dólar, com desvalorização de 5,75 centavos de dólar.

Açúcar

Os futuros nova-iorquinos atingiram os menores patamares desde 16 de junho ao longo da sessão,enquanto investidores liquidaram posições e se retiraram do mercado em um dia de  perdas generalizadas.

Os contratos com vencimento em outubro de 2011 terminaram a sessão a 25,76 centavos de dólar por libra-peso, perda de 1,07 centavos. Março/2012 opera a 24,89 centavos de dólar por libra-peso, desvalorização de 1,02 centavos.

Soja

Os futuros da soja atingira o pior patamar em seis meses na CBOT, encerrando com mais de 37 pontos de queda no contrato novembro/11 que cedeu a barreira psicológica dos US$13 por bushel. O vencimento maio/12 encerrou com retração de mais de 35 pontos, a US$ 13,08 por bushel.

Milho

O milho também encerrou no vermelho com retração de 35 pontos para os principais vencimentos, após um fraco desempenho nas vendas líquidas semanais. O contrato março/12 foi vendido a US$6,63 por bushel.

Trigo

Pressionado pelas demais commodities e pela concorrência entre Rússia e EUA, o trigo também terminou o pregão em solo negativo, amargando de 33 a 35 pontos de queda nos contratos mais importantes. O vencimento maio/12 foi negociado a US$ 6,87 por bushel.

Tags:
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário