Produtores investem no plantio de soja e milho

Publicado em 06/10/2011 17:18 357 exibições
Preços e investimentos em tecnologia são os atrativos para essas lavouras, que contribuem com 80% da produção nacional de grãos.
Soja e milho são os principais produtos de destaques do agronegócio brasileiro para a temporada 2011/2012. A perspectiva foi apresentada nesta quinta-feira, 6 de outubro, pelo diretor de Política Agrícola e Informação da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Silvio Porto, durante o anúncio da intenção de plantio do novo ciclo. O diretor disse que o milho está surpreendendo em função dos preços que têm se sustentando nesse último período.

A previsão de produção deve ficar entre 157 a 160 milhões de toneladas. Já a área plantada terá variação entre 50,4 e 51,3 milhões de hectares. O resultado é estimado com base na tecnologia utilizada nas principais culturas e as previsões em relação ao comportamento do clima para esta safra. A Conab trabalha com a média obtida nas últimas cinco safras, descartando os anos atípicos e agregando novas técnicas agrícolas. “O comportamento do clima poderá surpreender e fazer com que colhamos mais uma safra recorde”, avaliou Porto. As condições climáticas prevêem chuvas regulares principalmente na região Centro-Oeste e a ocorrência de estiagem no Sul.

Renda

O secretário-executivo do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, José Carlos Vaz, disse que o governo está preocupado na proteção de renda do produtor com a contratação de seguro rural. “Vamos trabalhar nos próximos meses na construção de mecanismos de proteção de renda para 2011/2012 principalmente na região Sul”, explicou.

O secretário garantiu que o abastecimento interno está normal e os produtos agrícolas estão com preços competitivos. “Os preços agrícolas não devem ter muita variação e o dólar está atrativo para as vendas externas”, afirmou Vaz. “A margem de renda dos produtores deve continuar positiva, graças à valorização cambial, que compensa o recuo dos preços das commodities, e ao aumento do custo de produção da safra que está sendo plantada”, concluiu.

Tags:
Fonte:
Mapa

0 comentário