Ovinos aquecidos: Com preços valorizados da carne e da lã, produtores estão otimistas com a temporada de verão

Publicado em 16/11/2011 06:33 274 exibições
Os ovinocultores estão apostando em bons negócios na temporada de venda de verão, que começa no dia 18 e prossegue até fevereiro, período em que devem acontecer 33 leilões particulares e exposições no Rio Grande do Sul. Com carne e lã valorizados, a expectativa é alta tanto para quem está na atividade comercial quanto para quem atua na seleção genética. Segundo o leiloeiro Eduardo Knorr, desde a Expointer cresceram significativamente os pedidos de informações de interessados em ingressar na atividade ou diversificar sua matriz produtiva. "O volume de pedido de informações tem sido muito expressivo. Tudo leva a crer que será uma bela temporada de verão", prevê Knorr.

O primeiro teste para o mercado será em 19 de novembro, no leilão da multicampeã Texel da Surgida, que coloca em pista, em sua sede, em Rio Pardo, 40 fêmeas PO e dez borregos para pais de cabanha. Mas os negócios diretos pelo Interior dão mostra de fluidez neste aquecimento para as vendas de matrizes, carneiros e cordeiros para abate, preferências nos leilões. O quilo do cordeiro está entre R$ 4,20 e R$ 5,00, dependendo da região. No caso da lã, mesmo com o sobe e desce do dólar, o quilo da Corriedale está entre R$ 6,80 e R$ 7,00, contra os R$ 5,00 do ano passado nesta época.

Matéria na íntegra no Correio do Povo
Tags:
Fonte:
Correio do Povo

0 comentário