Dias quentes, noites frescas no RS: La Niña poderá afetar a safra do Sul.

Publicado em 29/11/2011 19:32 390 exibições
La Niña arma tempo seco e estiagem. Safras sofrerão. Por Polibio Braga


Em Porto Alegre neste final de novembro, praticamente final de outono e início de verão, os dias surgem muito quentes e as noites são acalmadas com frescos ventos.

. ?Sempre que acontece isto, são os sinais de que desta vez o La Niña produzirá tempo seco, sem chuvas, ocasionando estiagem?, disse nesta terça a tarde ao editor, o diretor da Brasoja, Antonio Sartori.

. No ano passado, La Niña também ocorreu, mas surpreendentemente não provocou seca na região que fica abaixo do Peru. 

. Desta vez poderá ser diferente. 

. Municípios como Caxias, na Serra do RS, e Santa Vitória do Palmar, nos campos fronteiriços com o Uruguai, enfrentam os tempos mais secos que ocorreram nos últimos 90 anos. 

- Caso haja mesmo estiagem, a safra de verão, a principal do País, sofrerá de modo devastador. O RS, que há cinco anos registra supersafras de grãos continuadas,  não terá água para tanta lavoura e perderá muito com a estiagem.

Mercado diminui projeção para crescimento do PIB. O número da vez é 3,1%.

Pela primeira vez no ano, as projeções dos analistas de mercados, divulgadas pelo Boletim Focus, indicam que a economia brasileira crescerá 3,1% em 2012. 

. O governo já apostou em 5%, 4,5% e ultimamente admitiu avanço de 3,5%.

. As expectativas para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) no ano que vem recuou para 3,46%, após passar o mês de novembro em 3,5%.


Tarso mete a mão até em dinheiro reservado por Yeda para os aposentados

Reagiu bem o mercado depois que o governo gaúcho passou a informação de que seu déficit será de R$ 330 milhões e não de R$ 1,1 bilhão em 2011.

. A melhoria ocorreu pelo lado da receita, que será R$ 500 milhões acima do previsto, mas também pelo avanço sobre R$ 180 milhões reservados por Yeda para prover um futuro fundo de previdência.

. Pelo lado da despesa, o governo Tarso Genro prossegue sua farra do bode, tentando cumprir parte das promessas eleitorais impossíveis de aumentos salariais.

Tags:
Fonte:
Blog Polibio Braga

0 comentário