Estudo orienta plantio de sete culturas

Publicado em 05/12/2011 14:00 265 exibições
Agricultura publica zoneamento agrícola de milheto, citros, mandioca, milho, algodão herbáceo, amendoim e goiaba.
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 5 de dezembro, as portarias com o zoneamento agrícola para as culturas de milheto, citros, mandioca, milho, algodão herbáceo, amendoim e goiaba. O estudo de risco climático leva em consideração a quantidade de chuva, a temperatura e o tipo de solo ideal para indicar os municípios com as melhores condições para os cultivos em cada estado produtor.

De acordo com a publicação, o milheto pode ser plantado no Maranhão, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Rio Grande do Norte. A gramínea tem desenvolvimento anual e é característica de clima tropical, de porte alto. É uma planta rústica, com grande resistência à seca. Na alimentação animal, o milheto pode ser consumido em qualquer estágio vegetativo.

As espécies do gênero citrus incluem laranja doce e azeda, tangerina, limão, lima ácida toranja e pomelo. Os ciclos de desenvolvimento variam entre seis e dezesseis meses. Por conta disso, essas plantas não podem sofrer deficiências hídricas durante o florescimento, o que compromete a produtividade das culturas. De acordo com as portarias, os citros podem ser cultivados na Bahia, Pará, Alagoas e Sergipe.

A mandioca é uma planta rústica com ampla adaptação às condições mais variadas de clima e solo. A radiação solar, a temperatura e o regime hídrico são os elementos climáticos que mais influenciam no desenvolvimento da cultura. O plantio é recomendado em municípios do Maranhão, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba e Ceará.

O plantio de milho safra 2011/2012 está previsto em Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba. A disponibilidade de água tem grande influência na produtividade do milho. Em cultivos não irrigados, esse fator varia de acordo com a precipitação na região em época de semeadura e a quantidade de água disponível no solo. Em relação ao déficit de água, a fase mais crítica para a cultura é a de enchimento de grãos.

O algodão herbáceo ocupou na safra 2010/2011 uma área de 1,4 milhão de hectares com produção de 5,2 milhões de toneladas de algodão em caroço, de acordo com dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). As condições de temperatura, umidade do solo, e luminosidade devem ser as mais observadas no cultivo do algodão. O estudo analisou áreas da Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Ceará.

O amendoim adapta-se a uma larga faixa de climas, desde os equatoriais até os temperados, com melhor desenvolvimento em climas quentes. Temperaturas de 30ºC ou ligeiramente superiores são as mais benéficas para a germinação e formação do óleo nos grãos. O estudo é para o Rio Grande do Norte, Pernambuco, Ceará e Paraíba.

São Paulo e Pernambuco são os estados indicados no estudo publicado nesta segunda-feira para o plantio da goiaba. A goiabeira é um arbusto que pode atingir de 3 a 6 metros de altura, possuindo tronco tortuoso e folhas opostas que se desprendem do ramo quando amadurecem. O Brasil é um dos maiores produtores mundiais da fruta, assim como Índia, Paquistão e México.

Tags:
Fonte:
Mapa

0 comentário