Algodão: Com fraca demanda, preços continuam em queda

Publicado em 06/03/2012 09:58 532 exibições
NEGOCIAÇÕES EM BAIXA: As vendas de pluma ainda andam estagnadas nas últimas semanas, mas o cenário dos meses seguintes deve mudar, na medida em que um ritmo mais intenso da produção têxtil for retomado. Em MT, a pluma ficou com um valor médio no mês de fevereiro 57% inferior em relação ao mês de fevereiro de 2011, e, sem poder de barganha, os vendedores devem continuar cedendo no preço. Nos patamares atuais, os preços tendem a incentivar o setor têxtil do mercado interno a adquirir mais matéria-prima, e os principais importadores a comprar maiores volumes, aumentando as exportações. Se as previsões do ICAC se confirmarem, o consumo mundial da pluma aumentará 4% e a área reduzirá em 4% no ciclo 2012/13, resultando em uma produção 5% menor no período referente, ficando em 25,7 milhões de toneladas, o que auxilia o equilíbrio entre oferta e demanda no mundo em médio prazo. O Brasil, e consequentemente Mato Grosso, ainda tem um grande mercado para expandir as exportações de pluma, pois, segundo os últimos dados do MDIC, o Brasil participou em 2010 com apenas 3% do valor total de pluma comprada pela China, tendo grandes chances de aumentar essa participação nos próximos anos.

Cliqueaqui e confira a análise na íntegra.

Tags:
Fonte:
Imea

0 comentário