Algodão MT: China deve perder espaço para outros players asiáticos nas exportações mato-grossenses

Publicado em 23/10/2012 12:50 432 exibições
Apesar do superabastecimento de pluma na China, a maior parte da produção exportada por Mato Grosso continua sendo enviada para este país. No acumulado de 2012, de janeiro a setembro, foram enviadas ao país asiático 96 mil toneladas de pluma, acréscimo de 124% em comparação ao mesmo período de 2011, representando 30,5% de participação das compras até o último mês de 2012. Entretanto, o cenário pode mudar no próximo ano de acordo com as demandas asiáticas. Para a safra 2012/13, o consumo deve ser retraído na China, e as importações pelo país devem cair  55% em comparação com a safra 2011/12 (USDA). Mesmo assim, o país continuará como maior importador mundial, devendo comprar 2,3 milhões de toneladas, porém com atuação menor no mercado internacional, adquirindo apenas 30,2% das importações mundiais, perante a participação mais agressiva de 54% na safra 2011/12. Já em países como Bangladesh, Índia, Turquia e Paquistão, o consumo irá aumentar, e são estes países que devem manter as exportações mato-grossenses aquecidas. 

Clique aqui e veja a íntegra do Boletim Semanal do Imea. 

Tags:
Fonte:
Imea

0 comentário