Área destinada à cultura do algodão deve ser menor em MT

Publicado em 11/01/2013 08:11
303 exibições
Onde antes tinha soja, agora as máquinas semeiam o algodão. Na propriedade de Orcival Guimarães o plantio começou bem cedo, graças ao cultivo da soja superprecoce, colhida nas últimas semanas. Até agora, Orcival já plantou 80% dos 14 mil hectares de algodão na propriedade que fica em Lucas do Rio Verde. A  área foi reduzida em 4 mil hectares. Ele reclama que o custo é alto e o preço de venda não tem animado. O preço teria que estar, no mínimo, em R$ 60, mas fala-se em R$ 48, no máximo, R$ 50. O mercado precisava reagir um pouquinho, explica. 

Veja a notícia na íntegra no site do Globo Rural
Tags:
Fonte: Globo Rural

Nenhum comentário