Algodão: Indústrias nacionais buscam abastecimento interno e comercialização evolui

Publicado em 18/03/2013 12:23 552 exibições
O escoamento da safra 2011/12 continua ativo, tanto para o mercado externo como interno. os registros da Secex no 1º bimestre do ano apontam exportações recordes para a pluma - foram 73 mil toneladas. Em janeiro foram 42 mil toneladas e, em fevereiro, 31 mil toneladas. Apesar do grande volume, a previsão é de queda, pois, além do período de entressafra, a preferência é suprir a demanda interna. As indústrias nacionais buscam o produto no "spot" porque muitas possuem estoques somente até maio, e precisam fazer reservas pelo menos até julho, período em que os estoque devem estar ainda mais restritos. Em meados de fevereiro a produção da safra 2011/12 encontrava-se 89% comercializada em Mato Grosso, e neste mês as vendas atingem 93% da produção, evolução de 4 pontos percentuais. As reservas de caroço de algodão estão praticamente zeradas, 100% da produção já foi comercializada, restando9 volumes insignificantes no oeste e noroeste do Estado. Já para a safra 2012/13, com o reajuste de queda na produção, foram comercializados 60% da produção estimada de 616 mil toneladas. Mas a evolução é discreta, retrato da indecisão dos produtores, que aguardam melhores condições de negócios.

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte:
Imea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário