Algodão: Redução de área nos EUA e entressafra no Brasil deixam o preço da pluma em alta no MT

Publicado em 02/04/2013 08:54
465 exibições
De olho na queda dos estoques internos, a indústria continua comprando, antes que o pico da entressafra pressione ainda mais os preços da pluma. Desde fevereiro, quando a indústria retomou suas atividades, houve valorização de 18%, chegando aos patamares de R$ 66,50/@ nesta semana, vistos a última vez em junho de 2011. Porém, a situação era oposta: os preços estavam em queda e Mato Grosso estava às vésperas de colher uma supersafra de algodão. Outro fator que alavanca os preços é a tendência internacional de redução na produção na safra 2013/14. O hemisfério Norte já iniciou o plantio da próxima temporada e, segundo o USDA, os Estados Unidos devem reduzir em 19% a área plantadas - de 5 milhões de hectares na safra 2012/13 para 4,4 milhões de hectares na safra 2013/14. Os Estados de Arkansas, Louisiana, Mississippi, Novo México e Oklahoma devem apresentar recordes de redução. Esse contexto negativo sustenta o preço no mercado internacional e deixa a pluma importada com preços mais elevados do que no mercado interno. Esta semana, o importador brasileiro pagaria R$ 82,68/@, enquanto o mercado interno oferece pluma a R$ 74,40/@, posto em São Paulo.

Leia o boletim completo no site do Imea
Tags:
Fonte: Imea

0 comentário