Algodão MT: Produção mundial deve ficar maior que o consumo

Publicado em 10/09/2013 08:50
585 exibições

Enquanto há uma tendência de estoques pressionados no mercado interno brasileiro em dezembro deste ano, as previsões de altos estoques nos principais players internacionais não garantiram a sustentação dos preços acima de US$ 90/lp na Bolsa de Nova Iorque, cotados esta semana a ₵US$ 83/LP (dezembro/13). Além disso, o relatório do Comitê Consultivo Internacional do Algodão (Icac) coloca em xeque a competitividade do algodão, principalmente na China, pois, apesar de o consumo mundial de produtos têxteis ser crescente, o consumo da pluma na temporada 2013/14 deve elevar-se apenas 1%. Isso deve ocorrer pela alta concorrência do poliéster frente ao algodão, que na China é encontrado a US$ 60/lp, valor 42% inferior ao preço da cotação de algodão na Bolsa de Nova Iorque. Considerando a margem estreita das fiações e fabricantes de tecido, a redução de custos com matéria-prima é algo essencial, e por isso há uma tendência forte de queda no ritmo do consumo. Assim, a produção de algodão, mesmo reduzida nos EUA na safra 2013/14, deve ficar maior que o consumo, deixando os estoques mundiais da safra 2013/14 em 19,22 milhões de toneladas, pressionando os preços internacionais.

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte: Imea

0 comentário