Algodão: Cultura deve ser a grande aposta para a segunda safra

Publicado em 28/11/2013 08:16 777 exibições

O algodão como opção de segunda safra deve ser a grande aposta dos produtores à safrinha do ciclo 2013/14 em função da baixa rentabilidade do milho. O corretor de mercado futuro de commodities na Granopar (PR), Miguel Biegai Júnior, esteve nesta quarta-feira (27) em Cuiabá e um prognóstico animador para os preços da pluma no curto e médio prazos.

"No âmbito doméstico, a escassez de oferta manterá o mercado próximo à paridade de importação", comentou, depois de apresentar dados que confirmam a tendência de que continue mais caro para a indústria têxtil importar a pluma de outros países do que comprá-la do produtor brasileiro. E o bom momento já foi observado no Estado, maior produtor nacional da fibra. Depois de cultivas a menor área desde a safra 2009/10, o novo ciclo, cujo plantio tem início a partir de dezembro, em Mato Grosso, deve recuperar boa parte da área que perdeu espaço ano passado para o milho. Nessa inversão das commodities, o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), projeta para a nova cotonicultura área de 581,07 mil hectares, 28,5% acima do que a anterior e uma produção de 834,90 toneladas de pluma, o que se confirmado gerará um ganho anual de 21,5%.

Leia a notícia na íntegra no site do Diário de Cuiabá.

Tags:
Fonte:
Diário de Cuiabá

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário