Instituto do algodão oferece treinamento para monitores de pragas em MT

Publicado em 05/02/2014 16:27 583 exibições

Os pesquisadores do Instituto Mato-grossense do Algodão (IMAmt) e de outras instituições de pesquisa foram unânimes em destacar, ano passado, a importância dos monitores de pragas no controle de lagartas como Helicoverpa armigera e de outras pragas que atacam as lavouras de algodoeiro, como bicudo, mosca-branca e percevejos. O bom monitor precisa ainda estar atento ao embate constante do algodoeiro com plantas daninhas, doenças e nematoides, de modo a levar as informações sobre a lavoura à pessoa responsável por tomar a decisão de realizar qualquer medida de controle.

Para desempenhar bem essa função estratégica ao sucesso da lavoura, o monitor tem que estar sempre atualizado e essa é a proposta do Treinamento de Monitores de Praga do Algodoeiro – Safra 2013/14, que será oferecido pelo Instituto Mato-grossense do Algodão (IMAmt), a partir do próximo dia 13 (quinta-feira). O novo ciclo de treinamento será iniciado em Sorriso e prosseguirá em Campo Novo do Parecis (dia 14) e Sapezal (dia 15). Realizado com recursos do Instituto Brasileiro do Algodão (IBA),  o evento será retomado em Pedra Preta (dia 26), seguindo para Primavera do Leste (dia 27) e Campo Verde (dia 28).

Leia a matéria na íntegra no site do Agronotícias MT

Tags:
Fonte:
Agronotícias.mt

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário