Algodão: Ritmo de negócios segue lento, apesar de anúncio de leilão

Publicado em 10/09/2014 09:52 429 exibições

A baixa liquidez e a disparidade entre os valores pedidos pelos cotonicultores e os ofertados pelas indústrias prevalecem no mercado spot brasileiro de algodão em pluma, de acordo com pesquisadores do Cepea. Entre 2 e 9 de setembro, o Indicador CEPEA/ESALQ com pagamento 8 dias caiu 1,54%, a R$ 1,6874/lp nessa terça-feira, 9. A notícia de que o governo vai intervir no mercado brasileiro de algodão em pluma, por meio de leilões de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro), animou produtores – vale lembrar que os preços da pluma estão abaixo do mínimo oficial (de R$ 1,66/lp) desde julho em muitas regiões. Vendedores, que já estavam retraídos, reduziram ainda mais as negociações. A pressão do mercado internacional, no entanto, ainda é forte, o que impede uma recuperação dos valores no Brasil.

Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário