Fazenda de MT é interditada por supostamente não limpar área após colheita de algodão e favorecer aparecimento de praga

Publicado em 10/01/2019 12:50
156 exibições
Proprietário informa que fazenda já foi desinterditada pelo Indea. Laudos concluíram que não havia risco de incidência de praga.

Uma fazenda em Campo Verde, a 139 km de Cuiabá, foi acionada pelo Minsitério Público Estadual (MPE) por, supostamente, não fazer a limpeza correta da área após a colheita do algodão, contribuindo para o aparecimento do "bicudo", principal praga que afeta a cultura. Na ação, o MPE pediu a interdição da propriedade.

Por meio de nota, o grupo JPupin, proprietário da fazenda Marabá, informa que o Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) já desinterditou a área. O grupo alegou ainda que o problema ocorreu em razão da escassez de defensivos agrícolas no mercado, à época.

O promotor de Justiça Marcelo dos Santos Alves Corrêa destacou que as condutas como esta, praticadas da propriedade, colocam em risco todo o potencial produtivo e a economia da região.

Leia a notícia na íntegra no site do G1 MT

Tags:
Fonte: G1 MT

Nenhum comentário