Algodão: Liquidez diminui e preço cai no BR

Publicado em 07/08/2019 10:15
133 exibições

Atentos às fortes quedas dos preços externos e internos da pluma e à valorização do dólar, vendedores estão afastados do mercado, priorizando as entregas de contratos a termo e o beneficiamento da pluma. Segundo colaboradores do Cepea, esses agentes indicam que as negociações antecipadas foram realizadas a valores superiores aos praticados atualmente e que, portanto, não têm interesse em comercializar no spot. Quanto aos preços, as cotações internas cederam 7,7% no acumulado de julho. Nos últimos sete dias, especificamente, o Indicador do algodão em pluma CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, recuou 1,1%, fechando a R$ 2,4750/lp nessa terça-feira, 6. A média mensal de julho, de R$ 2,6244/lp, é a menor desde abril/15, 6,1% inferior à de junho/19 e 27,33% abaixo da de julho/18, em termos reais (valores atualizados pelo IGP-DI de junho/19). Nesse cenário, a comercialização de algodão em pluma segue lenta, com as poucas efetivações envolvendo pequenos volumes. Empresas domésticas trabalham com a pluma recebida de contratos, enquanto comerciantes estão em busca de lotes no spot apenas para cumprimento de programações. 

Tags:
Fonte: Cepea

0 comentário