Produtores de algodão na região sul de MT prevêem perdas com estiagem

Publicado em 25/05/2010 13:52 242 exibições

A cada olhar para o céu, sem previsão de chuva, aumenta a preocupação dos cotonicultores do sul do Estado. A falta de chuvas deve afetar diretamente na produtividade nas lavouras de algodão. No município de Pedra Preta, ( 27 km de Rondonópolis), um produtor plantou 7 mil hectares, com variedade tradicional, ocupando 75% da área. O restante ficou para o algodão adensado que geralmente, além de ter o maior número de plantas por área, uma vez que o espaçamento das linhas pode chegar a 45 cm ao invés dos 90 cm tradicionais, não precisa esperar a formação de oito ou mais capulhos por planta e a colheita pode ser feita com quatro ou cinco. Mas o que preocupa mesmo é a falta de umidade. "No histórico de chuva no mês de abril, choveu cerca de 170 mm, já em maio, foram algumas pequenas precipitações, bem abaixo do suficiente", disse o agrônomo, Renê Baesso.

Tags:
Fonte:
Só Notícias

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário