Algodão fica pressionado em NY na segunda-feira com alta de juros na China

Publicado em 28/12/2010 07:15 265 exibições
 A China aumentou sua taxa de juros e provocou a queda das cotações do algodão na bolsa de Nova York. Os contratos para maio fecharam o pregão de ontem valendo 133,24 centavos de dólar por libra-peso, desvalorização de 143 pontos. De acordo com a Bloomberg, ao subir sua taxa de juros a China sinalizou que sua demanda por commodities pode arrefecer. "A tentativa da China de controlar a inflação está adicionando mais pressão ao mercado", disse Sharon Johnson, analista sênior de um fundo de pensão em Atlanta (EUA). Ele também acredita que a queda também se deveu à especulação de que os comerciantes podem ter que liquidar parte de suas posições por problemas de caixa. No mercado de Campo Verde (MT), a arroba da pluma fechou o dia estável a R$ 93,60, segundo Imea/Famato.
Tags:
Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário