Algodão fecha a segunda-feira em limite de alta em NY frente a demanda aquecida

Publicado em 01/03/2011 07:45 343 exibições
Os contratos futuros do algodão registraram ontem limite de alta na bolsa de Nova York, pelo segundo pregão consecutivo. Segundo alguns analistas ouvidos pela Bloomberg, o resultado se deveu a especulações de que a demanda global pela fibra continuará atrás da oferta. A produção da China, o maior importador mundial, recuou 6,3% no ano passado, para 5,97 milhões de toneladas, segundo o Bureau de Estatísticas do governo americano. Com isso, os papéis para maio, negociados na bolsa de Nova York, ficaram em US$ 1,9123, com valorização de 700 pontos. No mercado doméstico, o indicador Cepea/Esalq para a libra-peso ficou em R$ 3,9861, com alta diária de 0,03%. No fechamento do mês de fevereiro, a commodity acumulou alta de 11,25%.
Tags:
Fonte:
Valor Econômico

0 comentário