Tempo seco afeta lavouras de algodão em Mato Grosso

Publicado em 02/06/2011 08:34 386 exibições
Quem plantou mais tarde está preocupado com a queda na produtividade. Algodão está quase no ponto de colheita no estado que mais produz.
Em uma fazenda foram plantados mais de 60 mil hectares, aumento de 10% em relação à área cultivada o ano passado. A produtividade esperada é de 4.500 quilos por hectare, uma boa média, mas o produtor esperava tirar mais da lavoura.

A falta de chuva foi responsável por afetar lavouras que foram plantadas mais tarde, depois da segunda quinzena de fevereiro. O agrônomo Vinícius da Costa, que dá consultoria para a fazenda, explica que plantou 40% da área de algodão no final do ano e os outros 60% em fevereiro. Na parte plantada mais tarde, a seca atingiu a lavoura na fase crítica e deve trazer prejuízos. “As perdas devem ser em qualidade de fibra, uniformidade e até na produtividade”.

Segundo a Associação Nacional dos Produtores de Algodão ainda é cedo para estimar a redução da produtividade das lavouras causada pela estiagem, mas como a área cultivada cresceu 40% a expectativa é que a produção seja bem superior a do ano passado.

A colheita do algodão em Mato Grosso deve começar no fim do mês e, por enquanto, há pouca chance de chuva no estado.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário