IBGE: 5,1 milhões de toneladas de algodão serão produzidas neste ano

Publicado em 09/09/2011 12:19 552 exibições
A estimativa de produção de algodão herbáceo em 2011 foi reajustada para cima em 0,8% pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em agosto. A revisão se deve ao aumento de 1,5% na área a ser colhida da Bahia, segundo maior produtor da commodity, cujo total de hectares plantados passou para 1.400.965.

Com isso, o IBGE projeta que 5,1 milhões de toneladas de algodão sejam produzidas neste ano, o que, se confirmado, representará crescimento de 73,8% na comparação com 2010. Os dados constam no Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de agosto, divulgado hoje pelo IBGE.

O gerente da coordenação de agropecuária do IBGE, Mauro André Andreazzi, explicou que o crescimento da produção deste ano é fruto da baixa base de comparação de 2010. Ele disse que o algodão é altamente dependente do mercado futuro e, com a crise que afetou o sistema financeiro internacional nos últimos anos, inibiu o fechamento de contratos, prejudicando a produção e a oferta da commodity.

Com a alta do algodão no mercado internacional, os produtores voltaram a plantar o insumo. “O algodão foi o produto agrícola que mais sofreu com a crise de crédito em 2008. Os estoques ficaram comprometidos, o que levou a um aumento do insumo. Isso explica a cultura ser recorde em 2011”, disse o especialista.

   

Tags:
Fonte:
Valor Online

1 comentário

  • Telmo Heinen Formosa - GO

    Verbo no tempo errado, como é dificil entender estes jornalistas. Dizem "serão" quando o tempo já foi (neste caso safra 2010/11, encerrada) e daqui a pouco dizem "foi" ou "foram" em relação a safra 2011/12 sequer iniciada na maior parte do Brasil e muito menos concluida. Mesma confusão, aliás pior ainda é no noticiário sobre estoques onde nunca é referida uma data base que no hemisfério norte é 31 de agôsto e no Brasil dia 31 de janeiro. Para que esclarecer se dá para complicar? Pelo menos assim o emburrecimento geral da nação continua garantido.

    0